Acabou de sair em dezembro mais um número da Revista de Comunicação e Sociedade, desta vez dedicado ao tema “Fotografia e Género”. Colaboram neste número os nossos investigadores António Fernando Cascais e Teresa Mendes Flores.
Na continuação das suas pesquisas sobre a cultura visual da medicina em Portugal, António Fernando Cascais assina um artigo dedicado à problemática do hermafroditismo e da intersexualidade, analisando as investigações médicas e o uso de fotografias pelo médico Carlos May Figueira (1829-1913). O artigo interpreta o trabalho de May Figueira publicado em 1864, como momento inaugural de uma scientia sexualis em Portugal, no âmbito da sexologia moderna estudada por Foucault.
Teresa Mendes Flores debruça-se sobre o trabalho fotográfico da Rainha Maria Pia de Sabóia (1847-1911), apenas recentemente exposto no Palácio da Ajuda, e discute o paradigma androcêntrico da história da fotografia portuguesa. O artigo analisa o estatuto das mulheres fotógrafas na viragem do século XIX para o XX e abre pistas para a reconsideração de alguns critérios de análise historiográfica que permitiriam a inclusão e eventual descoberta de mais fotógrafas portuguesas, esquecidas.