Jornalismo e Actos de Democracia

Coordenação: Isabel Ferin
Refª: POCTI/COM/44390/2002

Palavras chave: Jornalismo, Conferências nacionais; Eleições, Opinião

Equipa de Investigação: Rogério Santos, Estrela Serrano, Rita Figueiras e a bolseira Vanda Calado.


Resumo

Este projecto pretende contribuir para uma melhor compreensão da forma como a televisão retrata os grupos considerados “out mainstream”, na sociedade portuguesa, e de que forma essas imagens contribuem para a construção da identidade dos membros de tais grupos.

Investigar a evolução  do jornalismo em Portugal nos últimos anos, bem como aferir as diferenças de linguagem existentes no jornalismo impresso e televisivo.

1º estudo de Caso: Cobertura jornalística de campanhas eleitorais

A investigação sobre actos eleitorais abrange a eleição do Presidente da República, em Portugal, em cinco períodos: o primeiro reporta a 1976 e constitui a primeira eleição de um Presidente da República em regime democrático, após a Revolução de 25 de Abril de 1974; o segundo refere-se à segunda volta da eleição presidencial de 1986, a mais disputada de sempre entre candidatos presidenciais, na qual o vencedor obteve uma escassa margem de 20 mil votos relativamente ao seu adversário;o terceiro, corresponde à última eleição presidencial a ser realizada em regime de monopólio televisivo do canal público de televisão – RTP1; o quarto abrange a eleição de 1996, a primeira a ter lugar após a abertura da televisão ao sector privado; o último corresponde à eleição de 2001, realizada em regime de consolidação da concorrência entre media.

2º estudo de Caso: Cobertura jornalística dos Congressos Políticos

O estudo da mediação jornalística dos congressos partidários comporeenderá dois congressos por cada um dos quatro partidos a analisar (PSD, PS, CDS-PP, PCP), no período compreendido entre 1992 e 2002.

3º estudo de Caso: Cobertura jornalística dos finais de mandato (Cavaco Silva e António Guterres)

O terceiro estudo de caso que o projecto contempla centra-se nos fins de mandato dos Primeiros Ministros, Cavaco Silva (1994-95) e António Guterres (2001-2002). Este estudo de caso envolverá a análise das primeiras páginas e última de dois diários e um semanário e as chamadas de capa de uma revista de referência. Os dois fins de mandato serão analisados no Diário de Notícias, no Público e no semanário Expresso. O semanário Independente e a Revista Visão integrarão, respectivamente, o corpus do primeiro e do segundo fim de mandato.

4º estudo de Caso: A Opinião nos finais de mandato

O projecto contempla também o estudo dos Opinion Makers (OM) na imprensa de referência portuguesa, nomeadamente, as práticas desenvolvidas pelos OM nos finais de mandato de Cavaco Silva e António Guterres. O corpus de análise é composto por quatro jornais: o Diário de Notícias, o Público, o Expresso e a Visão.